Bolsonaro fala sobre possibilidade de benefício de 600 reais tornar permanente

Mediante a alguns governadores defender a permanência do auxílio de 600 reais, o presidente Jair Bolsonaro se pronunciou sobre o assunto na tarde deste último domingo dia 02 de Agosto. Ele relatou que acha engraçado os mesmos governadores que contribuíram para que a crise pela pandemia fosse maior ainda, sitando a demora para flexibilizar a volta do comércio, agora clamam para que o governo permaneça com o benefício.

Porém todos sabem que com a quebra da economia no país é totalmente impossível que o governo consiga manter esse auxílio como está sendo. O número de beneficiários que o governo abrangeu mais esse valor de 600 reais quebraria o país rapidamente em poucos meses.

O governo fez o máximo que pode para que esse auxílio durasse o maior número de tempo possível, porém mais que isso é impossível explica o presidente. Em declaração Jair Bolsonaro disse que esse auxílio custa ao cofre da União 50 bilhões de reais, e que garantir essa quantia por tempo indeterminado traria um grande rombo na economia do país.

Porém pensando nas pessoas que estão sendo beneficiadas com esse auxílio o governo Bolsonaro está desenvolvendo o Renda Brasil, um programa muito parecido com o Auxílio Emergencial que visa atender a mesma população que já está sendo beneficiada, porém com um valor um pouco reduzido para que não prejudique a economia do país. Esse valor iria de 600 reais para 300 reais é o que tem se falado, e ajudaria as pessoas já beneficiadas pelo Auxílio Emergencial e mais algumas classes que podem ser ainda inclusas no programa.https://51cc0cfc0ce7fae7caacd8db5a41d829.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Com isso o governo visa não deixar totalmente desamparada essas famílias, mas com cuidado e responsabilidade para que os cofres públicos não quebrem e consigam manter essa ajuda às famílias necessitadas. Vamos aguardar novas informações do governo em relação à esse novo auxílio que tem previsão para começar a ser pago logo em seguida do Auxílio Emergencial.